São Judas Tadeu foi um apóstolo de Cristo. Era primo irmão de Jesus. Sua mãe Maria era prima de Maria Santíssima e o pai Alfeu era irmão de São José. A pregação e o testemunho de Judas Tadeu impressionava os pagãos que se convertiam. Nasceu em Caná de Galileia, na Palestina. Era filho de Alfeu e Maria Cleofas. Era irmão de Thiago, José, Simão e Maria Salomé. Thiago foi um dos doze apóstolos, que se tornou o primeiro bispo de Jerusalém. José era conhecido como o justo. Simão foi o segundo Bispo de Jerusalém.

Nas Escrituras, João Evangelista relata que na última ceia, São Judas perguntou ao seu mestre: “Senhor, por que razão hás de manifestar-te a nós e não ao mundo?” Jesus lhe responde afirmando que teriam manifestações dEle a todos os que guardassem suas palavras e permanecessem fies a seu amor.

São Tadeu é um dos doze citados nominalmente por Mateus e Marcos, em seus Evangelhos, e um dos mais fervorosos do grupo, sendo também um dos discípulos a quem Jesus apareceu no caminho de Emaús no dia da ressurreição.

Quando Jesus lhe responde afirmando que teriam manifestações dEle a todos os que guardassem suas palavras e permanecessem fies a seu amor. O que podemos trazer para nossas vidas? Será que estamos guardando todas as palavras que lemos e escutamos do Senhor e sendo fiel? Guardar não significa não testemunhar, e sim filtrar, se abastecer e testemunhar. Não devemos guardar a nós, pois qual sentido terá? Nosso dever é levar a palavra e o amor de Deus, é ser fiel. E estamos sendo?? Que levemos conosco o exemplo do apóstolo São Tadeu, fervoroso na fé e principalmente nas evangelizações em nome do nosso Deus! Que sejamos firmes!

Deus nos abençoe e capacite!