“Paulo, Apóstolo de Cristo”, por Danyel Cayetano

Roma está sob o império de Nero e a comunidade dos cristãos que lá vive está sendo perseguida. Homens, mulheres e crianças, convertidos ao Cristo, estão sendo crucificados, queimados vivos e lançados às feras no circo de Nero. Enquanto isso, Paulo, já velho e debilitado devido aos açoites, está preso injustamente. Este é o cenário em que se passa o filme “Paulo, Apóstolo de Cristo”.

A comunidade romana é liderada por um casal: Priscila e Aquila. Durante o filme, eles discutem uma decisão importante que vai impactar a vida de muitas pessoas e da cidade romana, enquanto a comunidade aguarda às escondidas pelo futuro incerto. Nesse contexto, surge Lucas, que percebe a carência do povo e vai até a prisão, ao encontro de um dos maiores seguidores de Cristo da história, para relatar sua vida e nos incentivar na fé através do que hoje nós temos como parte do livro dos Atos dos Apóstolos.

O que marca esse filme é a humanização de São Paulo e a forma como é tratada sua vida, para que percebamos também que, mais que um nome em um livro, esse relatos falam de uma pessoa real que tinha problemas reais, sonhos reais, sofrimentos reais e que realmente se abandonou e permitiu com que Jesus o trabalhasse e o fizesse santo. Ao mesmo tempo, chama à atenção a forma como Lucas e outros cristãos se arriscaram para que o testemunho de Paulo chegasse às nossas mãos ao passo que nós temos a Bíblia completinha em casa e muitos dias nem sequer fazemos a leitura da liturgia diária.

Outro ponto fortemente trabalhado é o martírio e a humildade em aceitar o martírio diário com confiança em Deus que rivaliza com a nossa sede de nos defendermos e nos vingarmos. Paulo e Lucas mostram em suas próprias peles, que o verdadeiro Cristão é capaz de responder com amor ao ódio do mesmo modo que fez o Cristo. E isso tudo vai se tornando mais forte ao passo que acontece um desprendimento dessa vida e um anseio pelo Reino de Deus.

Em 1h40min, esses e outros pontos são perceptíveis ao coração aberto e isso, com certeza faz com que o filme te prenda e emocione ao mesmo tempo em que traz a reflexão e nos ajuda a crescer na fé!

Sem dúvidas, vale a pena assisti-lo nos cinemas. Que tal ir com a sua galera? A estreia acontece dia 3 de Maio e se forem em um grupo de 50 pessoas, todos pagam meia entrada.

O mais importante é apoiarmos um filme cristão de alta qualidade para que cada vez mais as produtoras se interessem em produzir esse tipo de conteúdo.

Ingressos: https://www.ingresso.com/sao-paulo/home/filmes/paulo-apostolo-de-cristo#!#data=20180503

Confira o trailer: