-por Danyel Cayetano

Na terça-feira, dia 15/11, o Papa Francisco foi ao encontro de peregrinos holandeses que chegaram ao vaticano para celebrar o Jubileu da Misericórdia. 

Em seus momentos junto a eles o Papa os exortou (e exortou, indiretamente, ao mundo inteiro) sobre o valor da Confissão e destacou que o Ano Santo faz com que aumentemos nosso relacionamento com a misericórdia de Deus, através de Jesus.

O Papa Francisco afirmou que nunca entenderemos por completo o mistério do Amor de Deus, que nos salva, nos da vida e recria como filhos e filhas de Deus. E nos lembra que “todo o mundo, todos nós necessitamos da misericórdia divina.” Para vivermos bem esse Amor. Por isso precisamos nos aproximarmos da bondade do Senhor, em especial através do sacramento da Confissão.

“A Confissão é o local em que se recebe o perdão e a misericórdia de Deus. Aqui tem início a transformação de cada um de nós e a reforma da vida da Igreja.” Nos recorda, o Papa.

O Papa terminou sua fala de boas-vindas ao peregrinos pedindo que eles (e isso também cabe a nós) se deixem transbordar pela misericórdia de Deus, para assim “irrigar a sociedade com o anúncio do Evangelho e com a caridade”, e pediu que isso seja feito em especial com os mais pobres e necessitados da misericórdia do Senhor.

http://www.news.va/pt/news/papa-a-transformacao-de-cada-um-de-nos-comeca-na-c