Por – Vanessa Calheiros

O discípulo deixa tudo…
Hoje em dia a realidade está avançada, tudo muito tecnológico e nos pegamos sempre com o desejo de consumir aquilo que não precisamos. O mundo nos oferece muitas propostas e a cada dia queremos ser bem sucedidos no emprego, ganhar mais dinheiro, ter o carro do ano, o melhor smartphone, usar roupas de marca. Isso tudo faz com que trabalhemos ainda mais, usando o tempo concedido por Deus gastando as nossas vidas trabalhando só para termos tudo o que sempre sonhamos.
De que vale pedir para que Deus nos conceda um bom emprego se não dedicamos pelo menos uma hora do nosso tempo para agradecer e glorificar a Ele por essa graça? Como fica o nosso relacionamento com Deus? O consumismo nos cega, alimenta o desejo de sempre querer aquilo que não preciso, nos afasta dos sonhos de Deus e nos ilude com nossos sonhos.
Deus tem os MELHORES PLANOS para cada um de nós, se dedicássemos um tempo para sonharmos os sonhos dEle, seriamos muito mais feliz, muito mais realizados.
Deixando tudo, os primeiros discípulos O seguiram (cf. Lc 5, 11). Eu e você devemos fazer o mesmo. Quem perde, ganha! A lógica de Jesus é estranha mesmo.
Quem quer perder a sua vida por causa do Evangelho, a encontra e a conquista para a Eternidade.

E quem faz de tudo para ganhar aqui uma vida de conforto, de regalias e de vontades próprias? Esses não se parecem com os 12.

Esses perdem o melhor: a Vida que o Senhor tem preparada para cada um de nós, seus atuais discípulos.
O mundo oferece migalhas e, em alguns caso, somos sustentados por essas migalhas. O Senhor é o Pão da Vida; devemos nos sustentar e nos saciar dEle pois, como bons discípulos, devemos sempre nos lembrar: este Pão que não é material, sacia a fome do corpo e da alma e nos prepara para o Céu. É o Pão dos Anjos, Pão dos Homens, o Verdadeiro Maná descido do Céu.
De que vale ser bem sucedido, ter dinheiro e não estar na presença de Deus? Somos como pássaros que, se voam com a asa quebrada, caem e se ferem. Nós, se vivermos somente os nossos sonhos, caímos e nos decepcionamos, agora, se alçamos os voos que o Senhor tem para nós, encontraremos a plena felicidade, porque Ele é o nosso guia; é Ele quem nos ensina a voar, a viver.

Como diz o ditado, “o dinheiro não compra felicidade”, e não compra mesmo! A maior felicidade é estar ao lado de Deus e de quem se ama. Nenhum dinheiro do mundo ou realização pessoal substitui a gratidão de estar na presença dAquele que por amor morreu para nos livrar dos pecados.
“Mas, buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça e tudo mais vos será acrescentado” (Mt 6, 33). Busque em primeiro lugar se relacionar com o Senhor e ele lhe dará somente o que necessita. Dinheiro, bens, conquistas, títulos… Tudo passa! O amor de Jesus que é Eterno, basta!

Para refletirmos, ouça essa canção! O você tem deixado para seguir a Jesus? Seguir a Ele, além de valer TUDO, vale a VIDA.

O Discípulo Livre, deixa tudo. E escolhe o que é Eterno!