Anúncio do Evangelho (Jo 20,1-9)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

1No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo.

2Então ela saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram”.

3Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. 4Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. 5Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou.

6Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão 7e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte.

8Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu, e acreditou.

9De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura, segundo a qual ele devia ressuscitar dos mortos.
— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Meditação – por Gleydson Lima
No evangelho de hoje, o Senhor Ressuscitou. Aleluia!
Nossa fé não teria sentido se Nosso Senhor Jesus Cristo não tivesse se entregado na cruz e depois de três dias ressuscitado.
No evangelho de hoje Maria Madalena vai até o túmulo de Jesus e vê que Ele não está mais lá. Simão Pedro e outro discípulo foram ao túmulo também e viram as faixas de linho no chão, mas o corpo de Jesus não estava lá.
Será que acreditamos que Cristo ressuscitou  dos mortos, para que possamos nos entregar verdadeiramente a vontade dele? Ou somos cabeças duras e não acreditamos nos planos que o Senhor tem para cada um de nós?
Passamos o tempo da quaresma com nossos jejuns e penitências à espera desse grande dia: a ressurreição do Nosso Senhor Jesus Cristo, precedida pelo Tríduo Pascal.
Na quinta-feira celebramos a missa de lava pés,  onde lembramos os últimos momentos de Jesus com seus discípulos. Ele com sua humildade lavou os pés de cada um deles.
Que possamos ir ao encontro do Cristo para reconhecer que Ele é o centro de nossas vidas, ou melhor, na sexta-feira que Jesus se entregou na cruz, deixemos tudo aquilo que não agrada a Deus aos pés da cruz, e que no terceiro dia a graça do Nosso Senhor Jesus Cristo venha sobre nossas vidas.
Jesus Ressuscitou. Aleluia!

Paz e Fogo!