UMA HISTÓRIA DE AMOR!!

Esta frase resumi a minha vida…

Deus quando tem um plano em nossas vidas, usa de todas as situações, inclusive as aparentemente “ruins” para realizar a sua obra de amor.

Minha história não começou dentro do seio de uma família “comum”, sou fruto de uma aposta de dois adolescentes. Meu pai e meu tio colocaram em leilão os sentimentos de uma jovem e quem “ganhou” foi o meu pai. O resultado dessa atitude inconsequente: EU.

Casamento a força, sem amor, sem respeito e infelizes!

Apesar de todos os esforços, meus pais não deixaram faltar o essencial para a nossa família, por outro lado, a desunião, os vícios, só traziam lágrimas e dor para todos nós.

Cresci rebelde, revoltada, tinha um péssimo relacionamento com a minha mãe, consciente e inconsciente, sabia que me culpava pela “vida” que estava vivendo, ficava transparente por meio das agressões morais e físicas na qual era submetida, tinha a sensação que vivia em uma guerra…

Com 9 anos, durante a aula de ensino religioso, foi cantada uma música, que abriu os meus olhos e comecei a ter esperança, um trecho da música ainda ressoa em meus ouvidos … “EU VENHO FALAR DO VALOR QUE VOCÊ TEM…”

Ainda não sabia regar a semente que foi plantada em meu coração, sentia-me sozinha, triste, não era acolhida na família, na escola, naquele tempo de revolta com apenas 12 anos o único lugar que fui acolhida foi em uma turma viciada em drogas e roubo que encontrei na porta escola, estava sempre com eles, mas não fazia o que eles faziam, apenas me sentia bem com aquelas companhias..

Durante esse período, comecei a fazer catequese, ali fui aprendendo um pouco sobre Deus e sua importância, nessa época começou um grupo de oração na paróquia, algo totalmente novo e alegre.

Comecei a participar. Logo fizemos o primeiro encontro de jovens da RCC na comunidade e assim minha fé foi amadurecendo, deixei as más companhias e nesse mesmo ano minha mãe faleceu. A luta pela sobrevivência continuava, a cruz estava pesada demais, enquanto meu pai trabalhava, fui obrigada a “crescer” e me tornar mãe com apenas 14 anos, cuidava de duas irmãs mais jovens, porém nada me fazia desistir de buscar a vontade do Senhor para a minha vida, até que um dia, por meio do Padre Reinaldo Torres, descobri a Comunidade de Aliança Cristo Libertador, quando ele disse: Minha filha, amanhã será a missa de instituição da Comunidade, venha conhecer.

Conheci este grupo muito jovem, não tinha amizade com ninguém, mais algo dentro de mim gritou de alegria e escutei uma voz: Lá é o seu lugar!

No final da missa, o Guilherme, fundador da CACL, fez um convite a todos aqueles que gostariam de conhecer a comunidade, participar do vocacional que o procurasse no grupo de oração. E assim o fiz.

Depois de tantos anos buscando e querendo encontrar o meu lugar, digo que encontrei e não tenho a menor dúvida, o carisma que o Senhor confiou a esta comunidade é algo místico, que veio preencher todos os vazios dentro do meu coração, aqui consigo olhar para o meu interior e deixar o Espirito Santo falar quem realmente eu SOU, sem culpas, sem medos, para ser livre, livre de mim mesma e de tudo aquilo que me aprisiona, por amor Ele quer curar minhas feridas e me transformar em uma verdadeira Discípula, para dar continuidade a missão que foi confiada a mim e a minha comunidade, levar o Cristo Libertador a todos aqueles que de alguma forma se sentem presos. FUI ELEITA PARA SER AMADA POR DEUS, E NADA VAI MUDAR ISTO!