Por- Laís Cardoso

Olá irmãos, dando continuidade na série #ComoOsDoze, hoje falaremos sobre Judas Iscariotes.
Quando pensamos em Judas, o que nos vem primeiro à cabeça?
Que ele foi um dos 12 apóstolos de Jesus Cristo? Ou que Judas foi o traidor que vendeu Jesus aos soldados romanos, por 30 moedas de prata?
Acredito que tenha respondido a última pergunta, ou até mesmo as duas, mas vamos lá, o que mais pesa pra você? Sempre lembramos de pessoas que erraram, com o erro e não quem ela realmente é, não é mesmo?

Segundo o Novo Testamento, Judas foi o único dos apóstolos que não nasceu na Galileia. Filho de Simão, nasceu em Kerioth, na região da Judeia. Foi um dos primeiros a juntar-se a Cristo e por ser o mais instruído, tornou-se o tesoureiro dos Apóstolos. Algumas pessoas devem se perguntar, “Jesus já sabendo que ele o trairia, porque confiou isso a ele?” E eu te digo, Ele também já sabe das nossas misérias e o quanto somos miseráveis e muitas vezes traidores, assim como Judas acabou sendo e mesmo assim nos confia muitas coisas, não é mesmo?
Judas “foi enganado” pelos sacerdotes que o induziram a mostrar onde estava Jesus a troco de 30 moedas de prata. Ele estava, após a última ceia, rezando com os apóstolos no jardim de Getsêmani, onde Judas identificou-o para os soldados romanos. Jesus foi amarrado e entregue a Pilatos, que o mandou crucificar. Mateus conta em seu Evangelho, que ele se arrependeu amargamente depois que viu a crucificação de Jesus, jogou as 30 moedas aos pés dos sacerdotes e em seguida, dominado pelo remorso, suicidou-se enforcado numa figueira.

E agora vamos lá, o que a vida de Judas tem a ver com a nossa? Acredito que nos perguntamos isso, e te digo que muita coisa irmão! Muitas vezes fazemos até pior que Judas, entregamos nosso Deus por nada, às vezes por vergonha, medo, em troca de algo…

Mas Deus é tão pouco para ser “entregue” assim? O fato de o trairmos, não é do mesmo modo que aconteceu com Judas, mas não podemos fingir que isso não acontece.

Já imaginou se Deus quisesse te entregar para as suas vontades hoje? Ou só te deixar sozinho? O que você seria? QUEM você seria? Quanto tempo duraria sua alegria?Trocamos nosso tudo por tanto nada!!!!!!

Justamente por isso Judas não aguentou e se suicidou, percebeu que trocou tudo por nada. Moedas, dinheiro, namoros, trabalhos, carros, amizades, tudo isso é nada perto de Deus, amém? Então que não troquemos ou coloquemos isso no lugar, colocar as coisas ou pessoas no altar de Deus, também é o trai-lo, afinal, Deus te criou para ser imagem e semelhança dEle, e colocar coisas e pessoas no altar onde o centro deveria ser Ele, faz com que você adore pessoas e coisas e tudo isso é passageiro, Deus não!

Que hoje e nessa nossa semana, possamos olhar para nós e ver onde estamos sendo como Judas, como estamos tratando nosso Senhor, onde o traímos ou colocamos coisas em seu lugar, onde Ele está em nossa vida, será que como centro e prioridade, ou como algo que eu entregaria fácil para ganhar o que quero? Eis aí uma reflexão a ser feita, que sejamos mais Santos, a caminhada é longa, mas o final dela existe!

Deus te abençoe e te acompanhe nessa semana!