42 anos, discípulo da Comunidade de Aliança Cristo Libertador.

Durante um período da minha juventude nunca fui de ir à igreja, sempre fui muito tímido e calado, gostava muito de jogar bola, era viciado em bebidas alcoólicas, jogos de baralho valendo dinheiro e passava noites e noites em claro nesta vida, por algum tempo achei que assim seria feliz e que conseguiria vencer a minha timidez.

Com 18 anos conheci a Fabiana (minha esposa) através de amigos que tínhamos em comum. Ela já participava do grupo de oração da paróquia do nosso bairro e eu na mesma vida: vícios.

E depois de um longo período e insistência dela, começamos a namorar…

Após dois anos de namoro, fui “forçado” a participar de um encontro de jovens, não gostava de cantar, bater palmas, e isto me deixava extremamente nervoso, ao ponto de não querer voltar no domingo…

Quando acordei, podia sentir uma força que me impulsionava a levantar e mais uma vez ir até a igreja, então foi neste dia que Deus transformou a minha vida, de forma radical, sem dúvidas, sem apegos…

Durante um dos momentos de oração, ajoelhei, e através de uma música, pude sentir o poder do Espirito Santo sobre todo o meu ser, algo fantástico, único, inexplicável.

Ajoelhou um menino triste e sem vida, e levantou um jovem totalmente transformado e disposto a fazer com que mais e mais pessoas vivessem tudo o que vivi neste momento.

Então começou a minha busca incansável por santidade, radicalidade e conhecimento da palavra de Deus, comecei a participar de retiros, acampamentos, vigílias, alegrai-vos. Uma busca inexplicável por este Deus que me ama e me escolheu.

E assim fui seguindo durante todos os anos da minha vida, como intercessor, pregador, coordenador de grupo de oração e hoje como discípulo da comunidade Cristo Libertador.

Quero ser usado por Deus, e se preciso for, dar a vida pelo evangelho e pela conversão de muitos.

Enfim, sou muito feliz, Deus me deu uma linda família, tenho três filhos, que são um presente de Deus na minha vida, uma mulher guerreira, forte, que nunca desistiu de mim e da nossa família, desde os momentos de rebeldia da minha juventude, até os dias de hoje.

Louvado seja Deus pelas maravilhas realizadas em minha vida!!