-Por Letícia Oliva 

Construo minha relação, 
Trabalhando minha rejeição,
De muita ilusão,
Que gerou dor e emoção.

Em meio a provação,
Há sempre tentação,
A me tirar a atenção, 
Sendo brecha à traição.

Mas por meio da abnegação,
Renunciando a obsessão, 
Que leva a prisão,
Impedindo-me a redenção!

Esvaziando da amarga sensação, 
Passando pela própria aceitação,
Da minha história de tribulação,
Busco uma evolução. 

Me abrindo à transformação,
Do Espírito Santo de realização, 
A agir sobre minha perdição,
Ensinando com a humilhação, 
O caminho à conversão!

Através da minha oração,
Manso e humilde de coração,
Na íntima adoração,
Ao Senhor da Salvação! 

Que desde a Sua criação,
No ventre da Imaculada Conceição,
Concebeu a exclusiva geração,
Do fruto da eterna Unção! 

Deu vida e santificação, 
Sob espinhos de coroação, 
Por flagelação, 
Da morte à ressurreição, 
Se deu em expiação! 

E então…
Para a minha transfiguração, 
Qual será minha AÇÃO,
Por um Cristo de LIBERTAÇÃO?